Lupita Nyong'o quer empoderar as mulheres Negras usarem os seus Cabelos Naturais

Por: Celestial FJ
A atriz vencedora do Oscar – que nasceu no México com pais quenianos – revelou que seu “cabelo crespo, natural e africano” tem sido “evitado” nas indústrias do entretenimento e da moda e ela já perdeu trabalhos por causa disso.
Porém, agora, como uma estrela de Hollywood proeminente, Lupita sente que é sua responsabilidade encorajar outras mulheres que compartilham sua herança a se orgulharem das madeixas que a natureza lhes deu.
Em entrevista à revista ‘Porter’ – da qual ela é a estrela da capa – Lupita disse: “Meu cabelo é algo que, historicamente, tem sido evitado. Quero dizer, quantas vezes você ouve: ‘Você não consegue arranjar um trabalho com o cabelo assim?'”.
“Cabelo crespo, natural, africano – muitas vezes é rotulado de incivilizado ou selvagem. Ser destaque na capa de uma revista me completa, já que é uma oportunidade para mostrar a outras pessoas negras, com cabelos crespos e, particularmente, a nossos filhos, que eles são lindos do jeito que eles são”.
Atualmente, a beldade de ’12 Anos de Escravidão’ está escrevendo um livro infantil para ajudar crianças negras a se orgulharem de sua aparência.
A obra é intitulada “Sulwe” – que significa “estrela” na língua nativa de Lupita, Luo – e é focada em uma menina de cinco anos e sua vida crescendo no Quênia.
Sulwe tem a cor de pele mais escura de sua família e ela quer encontrar uma maneira de aliviar seu tom, mas ao longo da história, ela embarca em uma fantástica aventura noturna que a ajuda a ver a beleza de maneira diferente.

O livro será lançado pela ‘Simon & Schuster Books for Young Readers’ em janeiro de 2019.

Sem comentários

Com tecnologia do Blogger.